Concurso Advocacia Geral da União (AGU) 2018/2019: banca organizadora definida

Tempo de leitura: 6 minutos

A Advocacia Geral da União está prestes a anunciar seu edital para 2018/2019 essa publicação se aproxima ainda mais pelo fato de a banca organizadora já ter sido escolhida: será a IDECAN, que até mesmo já assinou o contrato. Incluindo cadastro reserva, esse certame já está autorizado desde a metade de junho e é por isso que os concurseiros estavam tão atentos sobre a definição da banca.

Veja também:

Concurso AGU 2018/2019: vagas

O concurso é para as pessoas que têm graduação, mas não se tem a especificação de nenhum curso ainda. Entretanto, esse será um certame de 100 vagas, cabendo recordar que uma parte delas é de cadastro reserva. Além disso, nem todas elas serão para a ampla concorrência: os certames quase sempre possuem cotas para pardos ou negros e para os que atestam que têm deficiência.

Também não há exatamente os cargos que a Advocacia Geral da União tem em aberto: quanto mais profissões forem, mais concorrência para cada vaga. Sendo assim, a perspectiva de vagas e de todos os aspectos delas ainda estão sendo esperadas.

Concurso AGU 2018/2019: previsão

O tempo máximo para que um órgão publique seu edital é de seis meses e isso se encaixa bem à AGU: uma vez que seu certame foi autorizado no mês de junho, a publicação do edital precisa ser feita até 14 de dezembro. Dessa maneira, a IDECAN terá pouco menos de três meses para fazê-lo e colocá-lo à disposição dos concurseiros.

Muitas vezes, as organizadoras utilizam 60 dias para fazer o edital, sendo pouco possível que ele seja anunciado antes disso. É claro que o fato de a organizadora já ter um contrato representa uma situação mais confortável do que quando o concurso está somente autorizado e são poucas as chances de a AGU suspendê-lo.

Remuneração

Mesmo que a Advocacia Geral da União ainda não tenha publicado quais são os cargos, sabe-se que as remunerações dos últimos certames costumaram bater os R$ 6.000,00. Na realidade, o edital passado desse órgão teve remunerações de R$ 5.792,00 e todos os cargos dessa instituição têm vale alimentação, mas ele já está adicionado ao salário. Ele corresponde a R$ 458,00 e, sem ele, a remuneração máxima seria de R$ 5.334,00.

Requisitos

O edital da Advocacia Geral da União contempla unicamente os candidatos de ensino superior, sendo necessário o diploma e que ele tenha sido emitido por alguma faculdade que o Ministério da Educação reconheça. Também costuma ser um requisito que os candidatos do certame da AGU não tenham certos antecedentes.

No caso dos candidatos homens, a IDECAN e a própria Advocacia solicitarão o documento de reservista e é preciso que seja original (eventualmente, o candidato precisará entregar uma cópia, mas é fundamental mostrar a reservista original). Para quem tiver de obter uma segunda via, é só fazer agendamento com a junta militar.

É indiscutível que os concurseiros têm de estar com a vida eleitoral sem qualquer pendência. Aqueles que não justificaram votos, que perderam o título de eleitor ou que não pagaram multa pela ausência na eleição precisam regularizar-se para participar do certame. Para fazer isso, é importante procurar o Tribunal Regional Eleitoral.

Para aqueles que estão com o título de eleitor regular, será necessário fazer uma Certidão de Quitação Eleitoral usando o site do Superior Tribunal Eleitoral. Se a pessoa tem os comprovantes de eleição dos dois últimos turnos, é só mostrá-los, mas recomenda-se fazer a certidão ainda assim.

Banca organizadora

A IDECAN tem sido a banca organizadora de concursos de grande peso, como do Inmetro. As suas provas podem ter enunciados maiores ou com menos palavras, mas os dois têm as suas armadilhas. Quando se trata de um enunciado grande, a organizadora costuma colocar detalhes para que o concurseiro despreparado se confunda. Se o enunciado é muito curto, é claro que há menos dados para os concurseiros “peneirar”.

O cartão resposta dos certames da IDECAN podem ser um pouco complicados e é por isso que os especialistas indicam que o concurseiro não deixe menos de meia hora para realizar essas marcações. Utilizar um tempo menor que esse fará com que o candidato tenha pressa e haverá mais risco de uma alternativa errada ser “pintada” e, consequentemente, ser anulada. Geralmente, essa organizadora tem cinco alternativas em cada pergunta e reforça-se que o cuidado com os enunciados é indispensável.

Uma coisa positiva é que a banca faz um certificado, se o concurseiro quiser, dizendo que ele foi aprovado. Cabe dizer que não será a Advocacia Geral da União a emissora desse certificado, mas a IDECAN. Além disso, esse documento também mencionará em qual colocação esse concurseiro ficou, o que pode ser interessante para comprovações posteriores ou até para horas complementares, dependendo da próxima faculdade.

O que cai na prova?

Sem a certeza de que cargos estarão em aberto, não se pode especificar os conteúdos que a IDECAN vai requisitar. Porém, os candidatos poderão vê-los integralmente nos anexos do edital, quando ele estiver publicado. Destaca-se que existem alguns temas que costumam estar na maioria das provas, como as noções gerais de legislação.

Atribuições do cargo

Outro dado que os concurseiros da AGU só ficarão sabendo por intermédio do edital. Geralmente, o anexo no qual estão os conteúdos programáticos também mostra quais as tarefas correspondentes.

Qual é o melhor curso para o concurso AGU 2018/2019?

A Advocacia Geral da União é uma das instituições brasileiras mais cobiçadas pelos concurseiros e a liberação de somente 100 vagas deixa a necessidade de estudo urgente. Não é suficiente, entretanto, que os concurseiros estudem sem um bom direcionamento e é isso que o Estratégia Concursos proporciona.

O Estratégia tem os assuntos dos concursos segmentados ou, para quem quer estudar tudo, há o curso integral. Esses cursos utilizam massivamente as videoaulas e elas ficam à disposição por uma quantidade de dias pré-comunicada.

Além do material de explicação, os candidatos à Advocacia Geral da União também fazem os exercícios e, se quiserem fazer uma quantidade ainda maior, podem contratar o Sistema de Questões, também no Estratégia.

Concurso Advocacia Geral da União (AGU) 2018/2019: banca organizadora definida
Avalie esse artigo!

Recomendados Para Você:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *