Concurso ICMBIO 2018: novo edital pode ser em breve!

Tempo de leitura: 6 minutos

Os concurseiros poderão ter o edital do Instituto Chico Mendes de Conservação e Biodiversidade (ICMBIO) neste ano. O motivo dessa perspectiva é que existe pedido e reforço deste, o que confirma que a autarquia está precisando que seu quadro de pessoal seja completo.

Uma vez que o Ministério da Gestão e Planejamento já recebeu vários pedidos para a mesma instituição, é mais plausível que o edital finalmente seja aceito e que se passe à seleção da organizadora. A requisição de um concurso para o ICMBIO já foi realizada há meses, mas o reforço mencionado foi feito pela instituição em junho.

Veja também:

Concurso ICMBIO 2018: vagas

A solicitação para o Ministério da Gestão e Planejamento menciona 1.179 vagas, havendo um bom acréscimo desde o último pedido que o Instituto Chico Mendes realizou: nele, eram somente 1.132 vagas. A explicação é que desde a solicitação até o momento em que o ICMBIO fez o seu reforço, mais funcionários públicos foram exonerados ou apenas foi revisto o quadro de pessoal e conseguiu-se determinar a exigência de mais servidores.

Alguns cargos que a instituição declara que estão vagos ou que apresentam poucos servidores são analista ambiental e também técnico administrativo, requisitando-se o ensino técnico. Esclarece-se que a menção dessas vagas pode não condizer com o que o edital finalizado mostre: às vezes, o Ministério de Gestão e Planejamento só permite que alguns cargos sejam incluídos.

Concurso ICMBIO 2018: previsão

Todos os dados para esse concurso ainda estão sem definição porque ele não está autorizado. O status oficial desse edital é solicitado, o que quer dizer que o Ministério de Gestão e Planejamento apenas foi comunicado de que é preciso edital. Por isso, tem-se de esperar que o ministério concorde e que permita que se façam as licitações para as organizadoras se candidatarem.

Apesar de todos esses processos serem demorados, os concurseiros podem ficar esperançosos com relação ao edital do Instituto Chico Mendes ser divulgado logo por causa da urgência que está sendo citada. Entretanto, as convocações não deverão ser feitas ainda em 2018 por causa do pouco tempo hábil.

Remuneração

Os cargos no ICMBIO podem ter vencimentos entre os R$ 9.389,00 e os R$ 4.408,00, além dos R$ 458,00 destinados mensalmente ao auxílio alimentação. Os salários apresentados no último edital do Instituto Chico Mendes são exatamente esses e constituem-se na única forma de inferência de quanto a autarquia tende a pagar para esses servidores.

A carga de trabalho é de 40 horas semanais por semana e também pode constar diferença com relação à jornada ou mesmo ao salário quando o edital for divulgado. Por isso, claro que os concurseiros devem conhecer a perspectiva de horários e de recebimentos, mas não podem acreditar nela sem a confirmação por intermédio do edital.

Requisitos

Quem se inscreve para o ICMBIO tem de possuir documentos eleitorais regulares, imprimindo com o Tribunal Superior Eleitoral uma certidão de quitação eleitoral. Se o concurseiro tiver os comprovantes de que votou nos dois últimos turnos, em qualquer tipo de eleição, basta mostrá-los.

A escolaridade que a banca escolhida citar para cada possível cargo precisará ser comprovada, o que significa ter um certificado ou então um diploma, mas sempre com o carimbo do Ministério da Educação (MEC), determinando que ele é reconhecido.

No futuro concurso para o Instituto Chico Mendes, os inscritos terão de ser maiores de idade e sempre ter os comprovantes de serviço eleitoral. Para esses comprovantes, servirão a dispensa e também a reservista.

A banca organizadora

As empresas ainda não estão encaminhando para o Instituto Chico Mendes as suas propostas exatamente por não se ter ainda a autorização do Ministério da Gestão e Planejamento para as licitações. No edital do ano de 2014, o ICMBIO selecionou a CESPE para ser a sua banca, o que representa chance de essa mesma organizadora ser utilizada agora.

No caso de ser ela a vencedora das licitações, os concurseiros terão perguntas apenas com as alternativas CERTO e ERRADO, além da perspectiva de ter as suas perguntas anuladas certas anuladas quando alguma for assinalada errada. Alguns participantes pensam que por serem só duas alternativas o nível de dificuldade dessa organizadora é muito alto, mas não é dessa maneira: a prova da CESPE pode ser de nível intermediário também.

O que cai na prova?

As bancas organizadoras tenderão a aplicar tanto provas específicas quanto de conhecimentos básicos. Os conteúdos específicos podem ser Conservação da Biodiversidade, Ecologia, Planejamento e Gestão de UC, Recursos Florestais, Orçamento Público e outros.

Os temas básicos são mais partilhados entre todos os cargos e podem ser Legislação, Atualidades, Língua Portuguesa, Ética no Serviço Público e Noções de Informática. No edital que a futura organizadora criará, ela liberará os assuntos das provas e relacionando-as a cada cargo.

Atribuições do cargo

Os técnicos administrativos do ICMBIO realizam atividades logísticas e também nos escritórios, incluindo-se gerenciamento documental. O analista ambiental faz controle, educação ambiental, ordenamento de verbas para pesqueiros, planejamento ambiental, conservação de ecossistemas e muito mais.

O edital do Instituto Chico Mendes também apresentará aos concurseiros as atribuições destinadas a eles no caso de serem empossados. Mencionou-se os técnicos administrativos e os analistas ambientais pelo fato de eles estarem nos pedidos que o instituto realizou ao Ministério da Gestão e Planejamento, mas podem existir até mesmo outros cargos.

Qual é o melhor curso para o Concurso ICMBIO 2018?

Selecionar o curso preparatório que tenha uma taxa respeitável de aprovação é a ideia de muitos concurseiros e eles estão corretos. O cursinho Estratégia Concursos tem exatamente esse histórico: o de muitos aprovados e que são auxiliados por um material moderno e que é acessado quando eles precisam.

Com a escolha do Estratégia, os concurseiros têm o material por até 150 dias, podendo abrir as suas videoaulas quando eles puderem e também estudar a mais com os documentos PDF. Os muitos anos nos quais esse preparatório acompanha os concursos públicos e o funcionalismo atestam para os concurseiros as orientações certas e a didática ideal para ter a aprovação.

Concurso ICMBIO 2018: novo edital pode ser em breve!
Avalie esse artigo!

Recomendados Para Você:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *