Concurso MPU 2018 edital: Saiu! Inicial de até R$ 11.260,00!

Tempo de leitura: 6 minutos

O Ministério Público da União finalmente liberou o seu edital de 2018, razão pela qual os concurseiros estão alvoroçados e começando seus planejamentos. Já se esperava por esse concurso há meses, ficando a expectativa mais forte depois de julho, quando o órgão declarou que estava escolhendo sua possível banca organizadora. A eleita foi a CESPE e já se pode saber todos os detalhes do certame.

>>> COMECE AGORA A ESTUDAR PARA O MPU COM ESTRATÉGIA! <<<

Concurso MPU 2018: vagas

Serão 47 vagas e, em vários lugares, haverá cota para pessoas negras e para as deficientes. Também vale lembrar que o MPU fará cadastro reserva e que há dois cargos: técnico para a Administração e analista para o setor de Direito. Na maior parte dos Estados, o órgão precisa de analistas, como em Santa Catarina, Rio de Janeiro, Mato Grosso do Sul, Amazonas e muitos outros.

Veja também:

Concurso MPU 2018: Previsão

O edital para o Ministério Público da União está no site da sua organizadora, mas as inscrições serão iniciadas amanhã, dia 23 de agosto, indo até 10 de setembro. As provas de múltipla escolha serão em 21 de outubro, em horários diferentes para cada cargo: os técnicos terão as suas provas à tarde e os analistas, durante a manhã.

As taxas de participação custam de R$ 55,00 até os R$ 60,00 e os candidatos têm de observar quais são os requisitos para pedir a isenção, inclusive qual é o último dia para fazer isso.

Remuneração

Os analistas do Ministério Público da União atuam por 40 horas e os seus vencimentos vão a quase R$ 11.260,00. A jornada profissional é exatamente a mesma para os técnicos do MP, mas os seus vencimentos são de R$ 6.862,00. Entretanto, esses dois cargos incluem alguns benefícios, como assistência pré-escolar, auxílio alimentação, gratificação e auxílio transporte. Entretanto, o auxílio alimentação faz parte dos dois valores de salário ditos.

Requisitos

Para os analistas do MPU, é preciso ser graduado em Direito e com o reconhecimento do Ministério da Educação. Para os técnicos, é solicitado o ensino médio e também certificado pelo MEC. Ressalta-se que os dois níveis de escolaridade devem estar concluídos.

Os candidatos também precisam possuir a carteira de reservista do Exército ou outro documento que garanta que o alistamento foi realizado. Para a função de analista, a CESPE terá avaliação de títulos, sendo indispensável que todas as pessoas inscritas tenham a certidão de quitação eleitoral. Aqueles que tiverem irregularidades na sua situação como eleitor serão dispensados. Ressalta-se que os candidatos também terão os testes admissionais de saúde e que é preciso que eles concluam boa condição.

A banca organizadora

A CESPE já era um palpite de muitos que estavam aguardando o edital do concurso MPU, pois essa é a organizadora mais frequente para os certames nacionais. A principal meta da prova dessa banca é não deixar que os inscritos acertem algo apenas porque usaram a eliminação: para isso, há unicamente as alternativas CERTO e ERRADO.

Essa falta de mais alternativas faz com que os concurseiros errem mais, mas os enunciados da CESPE também podem ser uma arma. Os candidatos precisam prestar atenção em todo o sentido e em todas as palavras, já que algumas sutilezas poderão mostrar a resposta.

Desse modo, a organizadora em questão também avalia tanto a atenção para interpretar quanto o conhecimento específico. Outra coisa interessante sobre a CESPE é que ela invalida sempre uma resposta certa a cada vez que o concurseiro assinala algo errado: assim, quando erra, ele fica sem o acerto da pergunta em questão e sem outro anterior. Mais uma vez, a organizadora faz isso para que os candidatos não pensem em somente pontuar determinada porcentagem mínima.

Um detalhe importante, tanto para os analistas quanto para a área de legislação pedida aos técnicos, é manter a atenção na letra de lei: é preciso que o candidato consiga atestar quando a redação de determinada lei está incorreta, por exemplo. O fato é que a CESPE não costuma requisitar avaliações sobre a lei, mas apenas o conhecimento dela.

O que cai na prova?

Alguns dos conteúdos para os técnicos do Ministério Público da União são Administração Financeira, Legislação Aplicada ao concurso MPU, Acessibilidade, Direito Constitucional, Arquivologia e Português. Na prova referente aos analistas do MPU, alguns dos conteúdos são Direito Penal, Direito Processual do Trabalho, Direito Constitucional, Acessibilidade, Direito Penal Militar, Direito Administrativo, Ética no Serviço Público e outros.

A CESPE tem a listagem de conteúdos no seu edital e recomenda-se que os concurseiros tenham conhecimento dela inteira. Isso significa que é bastante arriscado deixar qualquer um dos assuntos citados pela organizadora sem o devido estudo.

Vale ressaltar que esse órgão teve uma mudança nos seus tipos de conteúdo, quando eles são comparados ao último edital. Enquanto algumas disciplinas não estão sendo usadas agora, outras passaram a constar, como Acessibilidade.

Atribuições do cargo

Algumas das funções de quem é analista do MPU são acompanhar tramitações, cuidar dos prazos processuais, elaborar vários tipos de minutas, assessorar a chefia, ajudar na manualização de processos, tratar da oitiva de testemunhas, realizar análise jurídica e outras.

Com relação aos técnicos, são incluídas nas funções atualizar páginas virtuais, cuidar de malotes, registrar informações, realizar levantamentos de dados, atuar em diligências, atuar com apoio técnico-administrativo, gestão de bens patrimoniais e outros. Mesmo não sendo sempre um hábito, os inscritos precisam fazer a leitura dessas atribuições para estarem certos de que, se empossados, as realizarão.

Qual é o melhor curso para o concurso MPU 2018?

Quando um órgão é da União e demora tanto para ter concursos públicos, é claro que os candidatos não podem deixar de recorrer a um cursinho preparatório. O Estratégia Concursos é o que costuma ter mais matrículas e, principalmente, mais número de pessoas aprovadas.

O seu sistema de questões é um dos motivos: com ele, acham-se questões diversas e de todos os assuntos para se fixar conteúdo ou apenas fazer uma revisão. O Estratégia Concursos também possui um menu diversificado de cursos, inclusive alguns sendo somente para o Ministério Público da União e outros constando de disciplinas separadas.

 

>>> COMECE AGORA A ESTUDAR PARA O MPU COM ESTRATÉGIA! <<<

Concurso MPU 2018 edital: Saiu! Inicial de até R$ 11.260,00!
Avalie esse artigo!

Recomendados Para Você:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *